Os males do adoçante - MaisEquilíbrio

Os males do adoçante

Os males do adoçante

Adoçante faz mal à saúde? Muitas pessoas evitam usar açúcares artificiais com medo dos males que eles podem causar. Mas também existem aquelas que abusam dos adoçantes sem ao menos saber suas conseqüências.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reduziu a quantidade máxima dos adoçantes sacarina e ciclamato em bebidas e alimentos.

Publicidade

Ela também aprovou o uso de três novas substâncias no país, taumatina, eritritol e neotam. A nova regulamentação para os edulcorantes, outro nome para adoçante, foi baseada em normas americanas e européias sobre o uso de aditivos em alimentos.

Para estabelecer limites máximos desses produtos artificiais em comidas e bebidas, a Anvisa se apóia na Ingestão Diária Aceitável (IDA) dos aditivos. A IDA estima quanto uma pessoa pode ingerir

de uma substância por dia e durante toda a vida, sem colocar sua saúde em risco. O cálculo desse índice pode ser feito pelo site do IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) no endereço:

http://www.idec.org.br/arquivos/calc_edulcorantes.xls

As substâncias sacarina e ciclamato já são proibidas em alguns países. A primeira não pode ser usada no Canadá e a segunda nos Estados Unidos. Alguns testes feitos em camundongos resultaram em câncer na bexiga dos animais. Não é comprovado o risco em seres humanos, mas os estudos com animais incentivaram a proibição dos edulcorantes em alguns países e sua restrição no Brasil.

O médico endocrinologista Marcio Mancini, presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade, acredita que os adoçantes consumidos dentro do limite recomendado são absolutamente seguros e não causam nenhum mal. "A maioria dos limites de consumo de adoçante foi determinada em estudos com animais. A dose máxima em humanos é 10% da dose mínima que mostrou qualquer tipo de toxidade em animais, então, a margem de segurança é bastante grande", garante o endocrinologista.

As substâncias sacarina e ciclamato já são proibidas em alguns países. A primeira não pode ser usada no Canadá e a segunda nos Estados Unidos. Alguns testes feitos em camundongos resultaram em câncer na bexiga dos animais. Não é comprovado o risco em seres humanos, mas os estudos com animais incentivaram a proibição dos edulcorantes em alguns países e sua restrição no Brasil.

O médico endocrinologista Marcio Mancini, presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade, acredita que os adoçantes consumidos dentro do limite recomendado são absolutamente seguros e não causam nenhum mal. "A maioria dos limites de consumo de adoçante foi determinada em estudos com animais. A dose máxima em humanos é 10% da dose mínima que mostrou qualquer tipo de toxidade em animais, então, a margem de segurança é bastante grande", garante o endocrinologista.

Sobre a sacarose e o ciclamato, o especialista diz que em doses exageradas é impossível que seres humanos consumam esses edulcorantes. "Eles podem causar tumor na bexiga de ratos, mas não há casos em seres humanos", explica Mancini.

A nutricionista Edeli Simione de Abreu, de São Paulo, diz que o problema da toxidade da sacarina está associado com doses elevadas do adoçante. Em relação ao ciclamato, a especialista conta que algumas experiências com animais sugeriram o envolvimento do edulcorante com o desenvolvimento de neoplasias (câncer). "Esses edulcorantes devem ser utilizados somente como adoçante de mesa e não podem estar contidos em produtos diet e light, para evitar o excesso de consumo", diz a nutricionista.

Para Marcio Mancini, a restrição da Anvisa é uma precaução, pois o consumo de adoçantes aumentou bastante e as pessoas tendem a utilizar diversos produtos com aditivos artificiais. A respeito dos novos edulcorantes aprovados, Mancini acha errado dizer que são adoçantes que "causam menos mal". "Parece que estão falando de veneno. Eles são mais modernos, mas não significa que os outros causam tão mal assim", diz. Segundo o especialista, alguns refrigerantes continham uma quantidade de ciclamato capaz de fazer o consumidor atingir a dose máxima permitida mais facilmente. "Mas até onde eu sei, a maioria dos refrigerantes não contém mais ciclamato. Agora eles têm aspartame e sacarina", conta ele.

Para quem pretende escapar do adoçante e do açúcar, mas quer manter seus alimentos e bebidas doces, a nutricionista Edeli Simione não vê muita alternativa. "Somente se utilizar o mel, mas isso será tão calórico quanto a sacarose", afirma ela. No entanto, a nutricionista diz que existe um novo adoçante no mercado, a sucralose. "É um derivado da sacarose. Não acarreta em problemas e tem um sabor agradável", sugere.

Já o endocrinologista dá uma nova dica para os consumidores que não querem usar edulcorantes e também não apostam no açúcar. "Pode-se utilizar frutose. É um tipo de açúcar que tem um poder adoçante muito maior que sacarina. Usa uma quantidade pequena de açúcar, mas tem um gosto bem mais doce", diz. De acordo com Mancini, a frutose é recomendada para pacientes com diabetes.

Este é o caso da professora aposentada Daizi Aleixo. Diabética há 25 anos, ela trocou o açúcar pelo adoçante por causa da doença. Daizi se considera consumidora assídua de edulcorantes. Só no café ou no leite, a professora coloca mais de cinco gotas. "Eu sei que o aspartame retém no organismo e o organismo não consome ele, mas não posso abandonar. O açúcar faria muito mais mal", lamenta.

Daizi Aleixo considera necessárias as novas recomendações da Anvisa e opina. "É bom saber os malefícios e que a quantidade de aditivos nos produtos é controlada. Tudo em excesso faz mal, até a cautela", declara.

Por:
Ana Gissoni
AgênciaMBPress

Comentários

comentar comentar

Ola eritritol que adoçante de alcool ele é proibido no Brasil ?

No caso dele não ser proibido posso comprar no exterior pelo sites e ele não será confiscado pela receita federal ?

0 relevância Maxel Pedó - postado em: 05/05/2014 - 23h22
Olá Maxel. Como vai? O eritritol não é proibido no Brasil. Mas quanto a Receita Federal, não sei te responder. O mais indicado é mesmo que consulte o site da Receita Federal. Um abraço, Equipe MaisEquilíbrio
- postado em: 06/05/2014 - 17h24

Olá Beatriz. Como vai? Como você tem somente 16 anos, o mais indicado é que consulte uma nutricionista de forma presencial, para que ela possa melhor te orientar, de acordo com as necessidades da sua idade.

E também um educador físico, para que ele possa te orientar quanto aos melhores exercícios para ter uma barriga sarada. Um abraço, Equipe CyberDiet

1 relevância - postado em: 17/12/2013 - 10h02

Olá Juliana. Como vai? Que bom, ficamos felizes em saber que aprendeu dicas de nutrição e alimentação com a gente! Um abraço, Equipe CyberDiet

0 relevância - postado em: 13/12/2013 - 12h28

O acucar eh composto por glicose e frutose. O que faz mal mesmo é a frutose.

Aconselhar a substituicao do acucar pela frutose parece-me uma insanidade.

3 relevâncias deise - postado em: 02/11/2013 - 08h02

Comecei há uns 15 dias a tomar adoçante, ao principio nem associei os sintomas, mas é claro para mim, tenho me sentido muito indisposta, cansada, com dores de cabeça, e só agora depois de ler sobre o assunto é que vejo que só pode ser desta porcaria.

4 relevâncias Mateus - postado em: 27/05/2013 - 12h29

Pode trocar pelo açucar mascavo ?

13 relevâncias maria de fatima - postado em: 29/04/2013 - 11h34

Podemos substituir o açucar e o adoçante pelo que ?

Obrigada

2 relevâncias maria de fatima - postado em: 28/04/2013 - 19h52

Excelente matéria - ao editor, atente para o parágrafo repetido - bastante esclarecedora.

Mas há um detalhe que a indústria do adoçante não conta: além dos tumores a longo prazo, há os distúrbios referentes à coagulação provocados por distúrbios autoimunes. Tive um episódio de PTI há alguns meses, e se não tivesse descoberto que era uma alergia terrível ao ciclamato de sódio a tempo, hoje estaria sem o baço - e ainda doente. :/

5 relevâncias CRISTIANO - postado em: 08/04/2013 - 20h53
Olá Beatriz. Como vai? Como você tem somente 16 anos, o mais indicado é que consulte uma nutricionista de forma presencial, para que ela possa melhor te orientar, de acordo com as necessidades da sua idade. E também um educador físico, para que ele possa te orientar quanto aos melhores exercícios para ter uma barriga sarada. Um abraço, Equipe CyberDiet
- postado em: 17/12/2013 - 10h02

Quero saber, se os adoçantes, provocam, cancer e maldealzaimer?

8 relevâncias Carlos de Abreu - postado em: 01/03/2013 - 21h27

Para mim,é sem sombra de dúvida,um absurdo que só agora o governo vem fazer algum comentário sobre estes produtos. É lamentável que

o povo sempre é o ultimo a saber das mazelas.

"E UMA VERGONHA"

8 relevâncias Wellington Charles - postado em: 27/02/2012 - 12h10

quais os adoçantes que são maleficos?

34 relevâncias larissa - postado em: 15/11/2010 - 15h04

gostaria de saber algo mais sb o adoçante no café com leite ou só no café?

24 relevâncias larissa - postado em: 15/11/2010 - 15h01

De quantas gotas podemos usar ao dia, de adoçante?

63 relevâncias adriana - postado em: 02/09/2010 - 13h39
Olá Juliana. Como vai? Que bom, ficamos felizes em saber que aprendeu dicas de nutrição e alimentação com a gente! Um abraço, Equipe CyberDiet
- postado em: 13/12/2013 - 12h28
aids artrite asma asmáticos automassagem bactérias benefícios ciclamato cirurgia plástica conjuntivite coração cuidados dengue diabetes tipo 1 disposição doenças pulmonares dores musculares falta de ar ferro fratura grávida hipertensão infantil ldl lesão no nervo ótico massagem meio ambiente nutrientes obesidade mórbida processo de emagrecimento reeducação alimentar rinite alérgica saúde bucal tosse transtorno alimentar tremor nas mãos valor nutricional
MaisEquilíbrio
Parceiro Cyberdiet - ONG Aldeias Infantis SOS Brasil
Cyberdiet é parceiro da ONG Aldeias Infantis SOS Brasil, que já atende mais de 10.000 crianças brasileiras que necessitam de um lar e de uma família. Saiba mais
Copyright © 2014 e-Mídia Sobre MaisEquilibrio.com.br | Sobre e-Mídia | Precisa de ajuda? | Anuncie conosco | Trabalhe Conosco

ATENÇÃO!

As informações oferecidas por este site não são individualizadas, portanto não substituem o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física. Veja informações adicionais em nossos termos de uso e política de privacidade.