Como controlar a ansiedade - MaisEquilíbrio

Como controlar a ansiedade

Como controlar a ansiedade

Camila Aparecida, 26 anos, ficava com as mãos transpirando, não conseguia segurar nada por causa do tremor dos dedos. O coração ficava acelerado.

Publicidade

Passava noites no banheiro com dor de barriga. Momentos assim aconteceram várias vezes na vida dela.

Em alguns deles, a sensação era ainda pior. "Parecia que o mundo acabaria, me dava uma sensação de fraqueza. Eu queria sumir. Só depois de várias sessões com uma psicóloga é que percebi o que eu sentia e entendi como controlar a ansiedade", conta a estudante de contabilidade.

Histórias como a da Camila são comuns, mas se já se sentiu assim, saiba que, antes de tudo,

é preciso descobrir o que desencadeia este processo e lutar para ter autocontrole nas crises.

Segundo a psicóloga Leila Salomão, a ansiedade é uma sensação ou sentimento decorrente da excessiva excitação do Sistema Nervoso Central conseqüente à interpretação de uma situação de perigo. "A ansiedade é muito próxima ao medo . É distinguida dele pelo fato de o medo ter um fator desencadeante real e palpável enquanto na ansiedade o fator de estímulo teria características mais subjetivas", explica.

Para Salomão, o grande sintoma de características psicológicas mostra a interseção entre o físico e psíquico, uma vez que tem claros sintomas físicos como taquicardia (coração acelerado), tremores, tensão muscular, aumento das secreções (urinárias e fecais) aumento da motilidade intestinal (movimentos intestinais involuntários), cefaléia (dor de cabeça).

Quando recorrente e intensa também é chamada de Síndrome do Pânico (Crise ansiosa aguda). "Toda essa excitação acontece decorrente de uma descarga de um neurotransmissor chamado noradrenalina que é produzida nas glândulas supra-renais, lócus cerúleos e núcleo amigdalóide", esclarece a psicóloga.

Origens

A primeira é que a ansiedade poderia ter uma origem genética, ou seja, a pessoa herda de seus ancestrais uma pré-disposição para ter esses sintomas. "Nesses casos as manifestações podem ser bastante precoces, sendo a pessoa desde cedo uma criança agitada, às vezes hiperativa, que chora com facilidade e às vezes até com dificuldade de dormir. A ansiedade precoce também pode se manifestar com a avidez de mamar e numa postura mais teimosa e possessiva ainda como criança", afirma a especialista.

A segunda é uma infância carente e problemática na qual as dificuldades dos pais, mas principalmente da mãe de passar afeto e suprir as carências afetivas da criança, vão fazendo com que ela vá se sentindo insegura, exposta e vá gravando e condicionando um sentimento de que coisas ruins e sensações negativas podem acontecer a qualquer momento.

A terceira é a dificuldade de incorporar fatos e intercorrências novas ou desconhecidas. "O velho ou conhecido sempre traz a sensação de segurança e controle. O novo, por sua vez, tem a capacidade de potencializar a sensação de medo no sentido de que algo ruim ou perigoso pode vir a acontecer", diz Salomão.

Traumas de infância, grandes sustos, perdas afetivas ou mesmo materiais também podem desencadear quadros ansiosos importantes, mas não chegariam a ser causas específicas. "A tentativa de se livrar deste mundo de sensações e sentimentos, que tenha características desequilibradas, desajustadas, são causadoras dos transtornos Obsessivo Compulsivo, Ansioso, Hipocondríaco, Histérico e Fóbico.

Mas como controlar a ansiedade?

Na maioria das vezes, os tratamentos são técnicas de relaxamento, exercícios que levam ao controle da atividade do organismo, como meditação e ioga. "Outras medidas como o sono saudável e atividades prazerosas também funcionam", diz Leila. Fora isso, existem as terapias: cognitiva, comportamental e a interpessoal.

Segundo a psicóloga, são comprovadas cientificamente e têm altos índices de melhora dos sintomas. Para Salomão, as terapias tradicionais podem indiretamente melhorar a ansiedade por meio do autoconhecimento, mas são pouco efetivas em curto e médio prazo. "Também existem medicamentos comprovadamente eficazes no tratamento dos transtornos de ansiedade, principalmente os antidepressivos e os ansiolíticos", diz.

Comentários

comentar comentar

"Se você pergunta à maioria das pessoas, que é a ansiedade, rapidamente respondem o que pensar saber como verdade.

`

É porque pensam que sabem que continuam sem saber, o que é ansiedade e outras coisas também.

É porque pensam que sabem, que pensam ser boa solução, conter seus efeitos, sem o uso da razão.

Para quem não quer mais pensar o que deva ser pensado, procure rapidamente um culpado, para justificar sua falta de aptidão.

A sociedade vai de mal a pior.

A ansiedade é por isso cada vez maior". Ignácio-gav

Fortes sentimentos de insegurança e ansiedade são sinais de Alerta. É possível sair sózinho, mas arriscado. Sem conhecimentos adequados, é possível maior agravo ou soluções atrofiantes e limitadoras. Os vícios decorrentes de soluções ilusórias, que tratam de tentar "CONTROLAR OS EFEITOS" tornam tudo pior, e a vida pode se transformar em sofrimento infernal.

"Conhece a ti mesmo", divulgado por Sócrates-400AC e "Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará", significa autoconhecimento, a verdade de si mesmo.

Procure recomendação de bom profissional Psiquiatra ou Psicólogo, conforme o caso.

Parabenizo os autores do texto, que descreve de forma clara e adequada a Ansiedade. Ignácio B. M. Iglesias-Gav.

0 relevância Ignácio-Grupo de Apoio Vi - postado em: 13/09/2013 - 03h16

Oi boa tarde, descobri que sofro de ansiedade e síndrome do panico certa vez que estava sentindo muita dor no peito e falta de ar num período em que eu ia fazer o exame da ordem foi quando parei de estudar pra prova e fui procurar um cardiologista pois achei que estava com problemas cardíaco foi quando ele disse que era stress e ansiedade mas fui também num psiquiatra ele disse a mesma coisa e me passou uns ansiolíticos mas esses medicamentos me causam muito enjoou não sei o que fazer pra me controlar, depois que li essa reportagem e vi que isso pode ser de infância descobri que tem tudo a ver comigo, agora é tentar controlar e seguir a vida.

3 relevâncias Alessandra Meireles Ribei - postado em: 07/09/2013 - 13h15

Oi , quando está perto de alguma data importante, trabalhos escolares ou até mesmo um dia comum que encontrarei alguém fico muito ansiosa e acabo comendo demais e eu sou cheinha desde pequena, isso não ajuda comer mais do que o necessário. Me dê algumas dicas de como posso lidar com isso?

1 relevância Natalia - postado em: 27/08/2013 - 23h09

bom dia a todos.pessoal,eu sofro muito de nervosismo,minhas axilas soam muito,principalmente quando estou nervoso com alguma coisa.seja em entrevistas,provas objetivas,já nem consigo fazer apresentações,pois na hora,a voz nem quer sair.e isso tá afetando até minha vida amorosa,uma vez que eu fico inseguro por conta desse nervosismo.sou bonito,inteligente,comunicativo...mas não consigo controlar esse nervosismo,dependendo da situação,minhas mães tremem,e fico com medo que alguém perceba,aí só piora.alguém ai tem alguma dica.não queria ter que tomar medicamento.

6 relevâncias evanilton - postado em: 05/07/2013 - 09h17
Oi amigo eu tmb souassim q nem vc me sinto nervosa direto, mãos tremulas, diarréia nossa isso é constante tanto q toma emosec direto e vontade de vomitar, me avise quando encontrar a cura, ou me add no face lucilia souza ok, bjos boa sorte para nós dois.
Lucilia s souza - postado em: 18/07/2013 - 20h15
Olá Evanilton. Sinto o mesmo. Estou a dois dias da minha primeira consulta com um psquiatra para tentar alguma medicação. Já consultei um dermatologista que me indicou um chá, ajudou, mas não resolveu. Assim, ele me pediu para procurar um psiquiatra antes de um psicólogo.
Tiago - postado em: 17/07/2013 - 12h04

boa tarde sofro a bastante tempo de ansiedade mas de a uns meses para ca estou pior calmantes ja nao fazem nada ansiedade e tanta que entro em panico e vou para o hospital ... que faço?

7 relevâncias reis - postado em: 28/06/2013 - 17h07

Oi, tenho 13 anos e sofro muito de ansiedade!!!Eu não consigo dormir direito, tenho falta de ar,enjoou e dores de barriga,e essa reportagem me ajudou muito para identificar os sintomas e saber controlar mais isso!obrigada, adorei muito!!

0 relevância Maria - postado em: 24/06/2013 - 10h23

Ola!

Eu sofro muito de ansiedade.

Num sei mais o que eu faço.

Quando eu acordo cedo e vou fazer alguma coisa como entrevista de emprego eu passo muito mal. Dores no estomago e vomito varias e varias vezes.

Se alguem sentir isso tbm, por favor comente e me ajudem.

Obrigado!

12 relevâncias Thiago - postado em: 20/06/2013 - 12h21
ola sim e verdade eu tbm sofro de ansiedade e tbm tenho todos esses sintomas,nao fique priocupada quando sentir isso tome um cha de cidreira bem doçinho e beba que fica muito mais calma.bjo
ana maria - postado em: 30/07/2013 - 21h54
Oi, acho q sofro dissi ai tb, é horrivel , nso suport mais, amanha mesmo vou pedir ajuda preciso urgente. Se quiser conversar, me envie um email para janacosta1@gmail.com
Janaina Costa - postado em: 29/07/2013 - 23h17
Olá,tiago,tudo bem?eu também sinto esse sintoma,fora outros relacionados.mas saiba que isso que você sente,durante a entrevista,por exemplo,é em função de alguma coisa.eu também fico muito nervoso,ansioso,transpiro e fico contando os minutos para que acabe a entrevista.o certo é procurar um psicólogo ou um psiquiatra,eles nos ajudarão.vlw,um abraço.
evanilton - postado em: 05/07/2013 - 09h10

oi gente eu sofro disso também e vosseis

3 relevâncias lorena da silva bentes - postado em: 10/05/2013 - 22h10

TENHO UMA CIRURGIA PLASTIA DE MAMOPLASTIA MASCADA PARA DAQUI 15 DIAS E ESTOU MUITO ANSIOSA E COM MEDO DE QUE ACONTEÇA ALGO DE ERRADO,LEMBRANDO QUE MINHA SAÚDE ESTA EM ÓTIMO ESTADO,´É NORMAL,OQUE FAZER PARA CONTROLAR ESSA ANSIEDADE...

10 relevâncias ANA FLAVIA DE FREITAS - postado em: 06/04/2013 - 10h03

Eu sou casada e me envolvi com um colega de trabalho, também casado, ficamos juntos por 1 ano e meio, ate que comecei a descobrir as mentiras dele e ter certeza de que ele tinha envolvimento com uma colega de trabalho e com sua cunhada, irmã da esposa, resumindo CAFAJESTE! eu com muita raiva liguei pra esposa dele e falei que naquele momento ele estava com a outra, no outro dia ele queria me pegar de porrada, pois disse que estava ao lado dela, eu não acredito...

ANSIEDADE, terrivel, pois eu não consegui me controlar, ate consegui ligar, depois me senti mal, claro!

11 relevâncias Marcia - postado em: 22/02/2013 - 10h42
Você é casada, se mete com homem casado e poque ela ta comendo outras além de você, e ta achado ruim? Cafajeste é assim, adora mulher vagabunda. Não venha pagar de santa, que você não presta.
Lobo Sagrado - postado em: 24/04/2013 - 23h50

Não sei se tem a ver mas acredito q sim eu fui um criança muito medroza meu pai era muito violento e acredito q isso tenha colaborado pra que eu na minha vida tivesse desencadeado essa ansiedade que sempre me atrapalhou a vida inteira, auto estima baixa mas acredito que Deus em sua infinita misericordia sempre esteve comigo durante esses momentos de crise de pânico e atraves desses medos vi q sozinha nao poderia fazer muita coisa procurei ajuda da minha psicologa e faço terapia descobri q Deus te da as armas pra vencer essa luta, e essa arma é a Palavra de Deus tenho certeza q o conhecimento da Palavra vai te dar muita força pra vencer o inimigo, Deus não tem prazer em nos ver assim, os pensamentos de Deus para nossa vida são bons perfeitos e agradaveis, ele nao te deu espirito de medo pra que vivamos em temor mas sim Espirito de alegria foi atraves de pessoas evangelicas que me ajudaram que acredito ter vencido o panico hj vivo com meus 3 filhos que já são adultos e digo a voces que não desistam, porque se eu consegui voces tambem conseguirão Fiquem com Deus que só ele pode te dar o amor verdadeiro ok..

15 relevâncias regina célia garcia - postado em: 13/02/2013 - 11h22

Boa noite .....sou uma pessoa alegre e criativa,no meu trabalho falo com varias pessoas e dou palestras ,mas a cerca de 1 ano estou com crises de ansiedade em me alimentar,tenho a sensação que vou engasgar a todo momento,e assim que acabo de colocar a ultima garfada,começo a passar mal,tenho tremedeira ,calafriu,senseção de queimação debaixo dos braços e barriga e diarreia forte em dias piores,sei que é ansiedade mas as vezes nao consigo controlar,faço a respiração,e falo comigo mesmo vendo todos os exames que fiz e deram negativos a qualquer enfermidade.....mas estou tocando sei que a alguma hora isso vai passar e vou ter a minha vida nrmal ....mas no momento esta dificil lidar com isso.....obrigado

13 relevâncias wilian - postado em: 25/01/2013 - 22h08
Boa noite , tambem tenho os mesmos sintomas q vc tem , mas tenha paciencia , e fé em deus td vai dar certo . Qualquer coisa me adc no facebook , nós conversamos mais . meu facebook é André Bonito.
ANDRÉ PACHECO BONITO - postado em: 14/08/2013 - 21h19

Ontem descobrir que estou com a sindrome do panico...sinto todos esses sintomas citados...é muito ruim esses sintomas pois parece muito real...tenho um filho e a minha maior preocupação é ele...converso muito com Deus pois seu que ele ira me dar força p enfrentar todo o tratamento que vou iniciar amanhã...que Deus abençoes e de força a todos que estão nessa mesma luta..

7 relevâncias Nice - postado em: 16/01/2013 - 23h55
venho passando por isso tbm a cerca de case 2 anos estou em tratamento e hj é um dia de crise, mais Deus vai nos ajudar a sair dessa é so crer e fazer o tratamento corretamente.
vivi - postado em: 19/07/2013 - 16h46
Querida! Seja forte e não desanime.Todos nós passamos por momentos mais ou menos tensos que nos afetam. Deus compreende sua situação e sabe que o tratamento ajudará! Também passei por momentos MUITO estressantes e digo: vai passar! Procure apoio com alguém de sua confiança (padre, pastor, amiga, mãe, irmã ou terapeuta)e não desanime.Um forte abraço e que Deus te abençoe e cure!
Nadja Villon - postado em: 18/01/2013 - 03h28

OLHA EU AXO Q TENHO SIDROME DO MEDO DO PANICO SEILA

SOFRO MUITO COM ISSO .SOU MUITO ANSIOSA MAIS TBEM QUANDO PAERESE Q VOU ME ENCAMINHA PRONTO AI VEM UMA RASTEIRA .ENTREI NA AUTO ESCOLA E NAUME PASSEI DE MOTO MAIS NAUM CONSIGO PILOTA , O MEDO ME DOMINA UMAS 5X SO SAI TRAMULA NAS AULAS CHOREI VARIAS X

3 relevâncias ELIZANDRA - postado em: 15/01/2013 - 22h26
ocupe-se mais. por exemplo, pegue uma gramatica da lingua portuguesa e va estudar. Seu portugues está péssimo.
antonio lopes - postado em: 24/01/2013 - 21h55
Elizangela! Você ainda é jovem, está tirando a carta ainda! É normal esta insegurança e temor.Faça mais aulas, procure um amigo ou parente que lhe dê mais confiança acompanhando-a nos momentos em que treina direção. Chazinhos, oração e paciência! Deus te abençoe e boa sorte.
Nadja Villon - postado em: 18/01/2013 - 03h32

amigos eu tive ansiedade e sindrome do panico isso e uma coisa muito ruin,eu nao saia de casa nao ia em banco enfin eu tava prezo em casa minha mae mora 1 quadra da minha casa eu nao consequia ir ate la comesava falta de ar tontura e acelerava o coracao, como eu consequi volta trabalha, primeiro pare pense eu vou consegui eu nao tenho medo nao desista,o mais inportante e a fe em deus foi assin que retomei a minha vida, aprovete a vida quando puder converse com outras pessoas que tem ansidade isso ajuda bastante,que deus pai e jesus ajude voces a se curar de mal

7 relevâncias delcio fontanella de oliv - postado em: 11/01/2013 - 07h32
rapaz estou em faze desta, agora vou a igreja e fico com medo de passar mau mas tenho que enfrentar da uma dor no peito tipo um ataque cardiaco uma vontade de ir ao banheiro, estou orando muito mas vou conseguir estou em tratamento tem 2 dias tomando um remedio e um negocio que induz ao sono, mas gostei muito do seu comentario agora eu vou a igreja mesmo com o coração doendo do jeito que ta tenho que infrentar esse medo de passar mau na rua, um abraço fique com DEUS.
ojackson martins junior - postado em: 01/09/2013 - 19h28

GOSTEI MUITO DA MATÉRIA POIS TRAZ AOS NOSSOS CONHECIMENTOS FORMAS PARA ALIVIAR OS SINTOMAS DA ANSIEDADE.

6 relevâncias jessica melo - postado em: 04/01/2013 - 13h22

Obrigada, adorei ler seu comentario, é bom saber que tudo isso ira passar. Bjos

0 relevância Elenice - postado em: 19/12/2012 - 17h05

O primeiro passo é aceitar a situação e tentar encara-la da melhor forma possível

Tenho varias situações de ansiedades que me limitam infelizmente, mas a que mais me aflige é a questão dos tremores em algumas situações

Chego a por exemplo colocar o prato e não comer pq é percepitivel aos outros e ninguem entende pq

ja passei por algumas situações vexatórias por isso

não é fácil viver assim rs, muito ruim mesmo

5 relevâncias renato - postado em: 10/12/2012 - 12h48

Ana, me passas eu e-mail!!

Preciso falar com vc..

1 relevância vanessa - postado em: 06/12/2012 - 16h27

Eu as vezes sinto muita palpitação e falta de ar, uma dor desconfortável que da no peito, as veias da minha cabeça e pulso parece que vão saltar de tão agitadas.. fico muito nervosa e ai que piora mesmo, tenho muito medo pois isso me dar do nada e queria saber se pode ser anciedade isso...

8 relevâncias cristiane - postado em: 05/12/2012 - 12h09
Olha eu passo pelo mesmo problema, alguem poderia nos responder. Sinto uma falta de ar, palpitação, sentimento estranho! Existe algum método, exercicio que poderia ajudar?
Erica - postado em: 04/02/2013 - 13h43

Tenho 27 anos, sempre tive uma vida normal e tranquila saia me divertia com meu amigos, até que a 5 6 meses atrás sofri uma forte crise de asma que quase me levou a morte, graças a deus consegui controlar com a ajuda do meu pneumo, mais 2 semanas depois estava no trabalho e senti uma falta de ar, formigamento nas mãos e no rosto, me desesperei achei que estava tendo uma nova crise de asma, fui ao medico e o mesmo me disse que era nervoso, até o momento não entendia nada, até que fui tendo diversas crises, não conseguia controlar minha respiração ficava buscando ar e comecei a ter dores de estomago e não ia ao banheiro direito, até que fui ao psiquiatra que me falou e explicou que o que eu estava tendo era uma crise de ansiedade que estava bem no começo e que dava pra controlar, fiquei mais tranquilo.

Ele me passou um remedio para ansiedade e que hoje ainda tomo, mais ainda não me sinto 100% durante algumas vezes no dia, não constantemente mais fico buscando ar e isso me deixa muito mal, pq me sinto refem dessa doença fico muito triste por não ter minha vida como antes, pois hoje já saiu bem pouco, pois do nada a crise vem e começo a ficar calado e com falta de ar, não sei ainda oq fazer, vou explicar a situação ao meu psiquiatra, mais é dificil viver assim, o que me resta é se apegar a deus e ter muita fé que isso tudo é um momento uma passagem pra que eu possa aprender com alguma erro que cometi na minha vida, nessa ou em outra.

Que deus ajude a todos que passam por isso e tenha fé pois sem ela não tem como chegar a lugar nenhum.

13 relevâncias Thiago - postado em: 22/11/2012 - 15h34
nossa eu sinto uma coisa mt ruim n sei se éessa síndrome do pânico, ansiedade .só sei q sinto desde março o ano passado á1 ano,desdeintao minha vida n ´´e maisamesma, sinto mt falta de , e toneira...q vem e vão...não mes into bemm.pareece q estou cm umaaaaa doença terrível, tenho sensação d mort mee ajudem por ffffavooorrr quem quise me escreverpor email...natashka_paty_vv@hotmail.com
natask - postado em: 17/05/2013 - 00h33
Eu as vezes sinto muita palpitação e falta de ar, uma dor desconfortável que da no peito, as veias da minha cabeça e pulso parece que vão saltar de tão agitadas.. fico muito nervosa e ai que piora mesmo, tenho muito medo pois isso me dar do nada e queria saber se pode ser anciedade isso...
cristiane - postado em: 05/12/2012 - 12h09

Tenho problema de Ansiedade, já estou tratando a psicóloga mais não estou indo na rua... Sempre quando vou me sinto muito mal parece que vou desmaiar , ou então ter um infarto . Como posso melhorar ? Não estou mais aguentando ficar em casa sem conseguir ir nem na padaria !

9 relevâncias LAIS RODRIGUES DE ALMEIDA - postado em: 07/11/2012 - 17h20
Para eliminar a causa ou a origem dessa patologia, faça uma consulta com um microfisioterapeuta. Saiba que toda a cura para as doenças emocionais esta dentro de nós.
ione coelho - postado em: 22/06/2013 - 23h08

Olá, eu também tenho o mesmo problema de Luan .... Várias vezes eu já vomitei, por medo de sair de casa, e agora isso tem me afetado na escola. Quando sinto calafrios é fatal ! Jogo tudo para fora .

2 relevâncias Letícia - postado em: 28/10/2012 - 15h07
Nossa!!! Eu tb me sinto assim! Só que está piorando. Tenho medo de comer em público pq vomito! Sinto fortes calarios e isso me deixa mto deprimida!! Não sei mais o que faço! Sempre acho q vou passar mal e qdo estou mto nervosa e ansiosa ponho td pra fora!!
maria roselene - postado em: 10/01/2013 - 17h29

e essa fe que busco em deus a forca para vencer esses sintomas.priciso tanto dessa forca que vc teve sofro com esses problemas a mas te um ano.bjos adorei seu comentario.

0 relevância fabiana - postado em: 05/10/2012 - 11h55

O alicerce de sua felicidade está sob você, o reinicio de sua vida lhe trará melhores dias, ou seja, comcentre-se em se qualificar, estude, trabalhe, construa sua vida sem aguardar um bom marido, bons sogros, boas pessoa ao seu lado. A melhor alternativa é se desvincular dessa senssação de carência e apego, e se tornar mais forte e resistente diante da realidade que a vida lhe impôs. Reflita e perceba que você é a dona de sua vida e somente você que determina os rumos dela. Você é muito jovem ainda pra acha que tudo está perdido. Recomponha-se mostre para ao seu cérebro que, quem manda em sua vida é você, o mais forte sempre domina o mais fraco. Que seja você a mais forte!

7 relevâncias Amaury - postado em: 27/09/2012 - 02h54

COM SUA EXPERIENCIA DE VIDA AJUDA MUITA GENTE ISSO E MUITO BOM DE SUA PARTE QUE DEUS CONTINUI TE ABENÇOANDO E TE DANDO SEMPRE CORAGEM PARA VC CONTINUAR SEMPRE

0 relevância priscila santos de jesus - postado em: 26/09/2012 - 15h16

tambem sinto muita anciedade .o que eu acho da anciedade e como fosse um vicio uma vez o corpo ter experimentado uma avalanche de noradrenalina,cortisol,adrenalina fica muito marcante pelas sensaçoes que nos sentimos os neuronios ficam em cadeias e qualquer situaçao que venha ativar essas cadeias vao codificar a menssagen e mandar o sinal para ativar esses hormonios.para tirar esse vicio ou para mudar essas cadeias de neuronios e preciso agente sair fora da nossa rotina mudar nossa vida e fazer coisas novas essas lenbranças vao sendo apagadas ate o processo de cura.espero ter ajudado.

1 relevância isaias jose de azevedo - postado em: 25/09/2012 - 23h35

oi, sei do problema que está passando;infelizmente quem não sente isso não faz idéia do que é.Não tenho apoio do meu marido...sofro de transtorno do pânico à pelo menos 6 anos,antes eu trabalhava e tinha convênio médico,passei por vários médicos psiquiatras até acertar a medicação,que controlavam os sintomas.À uns três anos tive uma depressão profunda que me fez largar o trabalho, fiquei quase 3 meses sem sair de casa,sem convênio,sem emprego,atualmente a situação está pior,os sintomas voltaram piores,às vezes parece ser um caso sem solução.Não tenho a quem recorrer, o SUS não atende esses casos...o que me dá forças é meu filho,é por ele que levanto todos os dias e tento seguir a vida,apesar de não estar conseguindo sair de casa;tenha fé,não acredite em tudo o que falam, Às vezes as pessoas próximas no intuito de ajudar acabam falando coisas que pioram nossa situação, confie em vc., confie em seu potencial,só o fato de ter conseguido passar pelo dia de ontem já vale À pena,é como dizem nada melhor que um dia após o outro,fica com Deus....

0 relevância Carla - postado em: 25/09/2012 - 14h48

cara, eu nunca fui a um psicologo ou a um psiquiatra, até queria, mas não tem como eu chegar para os meus pais e pedir isso, até porque nunca demonstrei esse problema de preocupação com quase ninguém.. demorei pra ver a sua resposta, e agora ja fazem 4 meses que terminei o meu relacionamento, portento ja deixei essa neura de lado, mas como seeeeempre acontece ja substitui por outras.. preocupações idiotas que não aconteceram e que pra mim, só porque essas coisas ruins poderiam ter acontecido ja é motivo de neura angustia, desespero, ansiedade, preocupação e até mesmo depressão, agora como eu faço para me livrar de tudo isso? pq parece que quando não tem mais com oq se preocupar no presente eu começo a pensar no passado! como ser uma pessoa mais tranquila e deixar coisas que ja passaram passsarem?!!!

1 relevância douglas - postado em: 18/09/2012 - 09h26

Minha cara amiga eu sofro desse mal tambem, pensei que tinha problemas no coração e que iria morrer a qualquer momento, fiz exames de todo o jeito gastei um dinheiro razoavel mais encontrei uma forma de parar com isso por incrivel que pareça eu aceitei a Jesus Cristo e até hoje está tudo bem me sinto melhor sabe, vou relatar como vinham minhas crises eu sentia um desconforto no peito um calafrio no coração vinha sensação de mente cansada e o coração acelerado pensava logo que iria enfartar pois esse assunto mim causava muito mêdo até saber que quando chegar a hora de qualquer pessoa não adianta Deus tira mesmo mais sim continuando minhas mãos ficavam geladas e me dava falta de ar sabe ficava logo todo branco. Graças a Deus hoje não sinto mais.Tomo sim um fitoterapico ritimoneuram e polivitaminico.

1 relevância Marcio Oliveira - postado em: 06/09/2012 - 20h22
adolescentes amenorréia artrite asmáticos atividades físicas automassagem cegueira colágeno coração doenças respiratórias dor de garganta dores nas pernas engordar estômago gripe hábitos alimentares lixo mau hálito medo de dirigir memória metabolismo oftalmologista prolactina proteína reeducação alimentar relaxar rpg saciedade sexo tabagismo tensão pré menstrual terapias tratamentos tênis zumbido óculos escuros
MaisEquilíbrio
Parceiro Cyberdiet - ONG Aldeias Infantis SOS Brasil
Cyberdiet é parceiro da ONG Aldeias Infantis SOS Brasil, que já atende mais de 10.000 crianças brasileiras que necessitam de um lar e de uma família. Saiba mais
Copyright © 2014 e-Mídia Sobre MaisEquilibrio.com.br | Sobre e-Mídia | Precisa de ajuda? | Anuncie conosco | Trabalhe Conosco

ATENÇÃO!

As informações oferecidas por este site não são individualizadas, portanto não substituem o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física. Veja informações adicionais em nossos termos de uso e política de privacidade.