Alimentos que viciam e você não sabe!

Listamos alguns alimentos que podem causar "dependência"
Alimentos que viciam

Foto: iStock / © shironosov

O vício em comida é um problema sério e que compromete seriamente a nutrição e saúde das pessoas. Não é segredo que 'tudo demais faz mal' , mas o que muita gente não sabe é que existem uma série de alimentos que viciam tanto quanto drogas. De acordo com um estudo de 2011 publicado na Frontiers in Psychiatry, 14% das pessoas acima do peso e 37,5% das pessoas obesas podem ser diagnosticadas com dependência alimentar.

Confira abaixo quais alimentos são capazes de desenvolver dependência e fuja da tentação!

Alimentos / Bebidas com cafeína

A cafeína age diretamente no sistema nervoso central, podendo causar um vício. Entre os sintomas de abstinência da cafeína estão dor de cabeça, tremedeira, tontura, aumento da ansiedade e fraqueza. Há estudos, no entanto, que comprovam que até quatro xícaras da bebida por dia são benéficas e podem ter ação antioxidante e vasodilatadora.

Chocolate

Existem estudos que apontam que a região do cérebro ativada com o consumo do chocolate é a mesma afetada em um dependente de cocaína, dá para acreditar?

O alimento é tão eficiente em proporcionar prazer, que, contam os registros históricos, já foi relacionado com 'forças malignas'. Quem come chocolate em excesso pode desenvolver obesidade e até problemas cardíacos.

Bolachas recheadas

Uma pesquisa realizada no Connecticut College constatou que o biscoito Oreo, escolhido por ser o favorito entre os americanos, contém substâncias alucinógenas tanto quanto cocaína ou morfina. O mesmo pode-se dizer de outras bolachas similares. Agora sim, está explicado por que tem gente que é capaz de comer pacotes e pacotes de bolacha sozinho!

Gorduras

Uma pesquisa feita pela Universidade de Michigan apontou  Pizza, salgadinhos, batata frita, cheeseburguer e queijo como alguns dos alimentos que mais viciam. Todos são gordurosos, será coincidência? 

Anotou? Então agora é só examinar a sua relação com a comida e tomar cuidado para não dar atenção demais aos alimentos altamente processados. Sua saúde agradece!

Por Thamirys Teixeira


Comente

Últimas

Copyright © 2019 e-Mídia