Você é uma pessoa ciumenta - MaisEquilíbrio

Você é uma pessoa ciumenta?

Você é uma pessoa ciumenta

Diz-se que o ciúme é o tempero do amor. E como todo tempero, não pode ultrapassar certos limites, para não se tornar indigesto.

Publicidade

Os relacionamentos entre as pessoas sempre pressupõem um certo ciúme, o que indica que existe interesse mútuo. É um sentimento de origem complexa, pois envolve pensamentos, emoções, reações físicas e comportamentos.

Em princípio, é um sentimento natural e instintivo, vivenciado por todas as pessoas em algum momento da vida. A ausência ou o excesso dele pode prejudicar o relacionamento entre pessoas que se querem bem. Sua causa fundamental é o temor da perda, envolve sempre três ou mais pessoas. O sujeito ativo é a  pessoa que tem esse sentimento, o sujeito passivo é a pessoa de quem se sente ciúme e a terceira pessoa é o pivô ou motivo do ciúme.

Moderado e ocasional, ele pode ser saudável e potencializar as emoções, tornando-se um estímulo positivo ao amor.O ciúme positivo protege o relacionamento, pois demonstra aos membros do casal que um não deve considerar o outro definitivamente conquistado. Isso pode estimular o casal a continuar fazendo um esforço consciente para assegurar que o parceiro se sinta valorizado e amado.

A psicoterapia individual ou de casais pode ajudar muito quando o ciúme é excessivo e interfere no bom relacionamento. O tratamento fortalece a autoconfiança. Apenas quem confia em si mesmo é capaz de confiar nos outros Quando o ciúme é intenso e irracional, quase sempre acaba afastando o casal, pois sua manifestação é desproporcional à situação. Por exemplo: quando o homem faz uma cena embaraçosa de protesto porque sua mulher foi beijada na face por um velho amigo que ela reencontrou por acaso.

Muitas vezes a pessoa ciumenta, na ânsia de não perder o ser amado, fere os sentimentos dele com acusações irreais, o que vem a abalar os laços que os unem. A pessoa ciumenta dificulta a liberdade do parceiro, invade seu espaço pessoal e sua privacidade. Abre correspondências, ouve telefonemas, examina bolsas e bolsos, segue ou contrata alguém para seguir a pessoa objeto de ciúme.

O controle que o ciumento tenta manter sobre o parceiro vai “sufocando” a vítima, a qual se afasta cada vez mais para ter a tranqüilidade necessária para viver. Quem convive com uma pessoa muito ciumenta compromete sua espontaneidade, pois vive “pisando em ovos” para evitar uma crise. A vítima fica cada vez mais ressentida, com aquilo que considera ser falta de confiança do companheiro nos laços que os unem.

Problemas emocionais, com origem na infância, podem ser a causa do ciúme doentio. A insegurança e a baixa auto-estima são características muito comuns em pessoas com esse sentimento.

As pessoas com ciúme excessivo sentem um grande medo de perder o amor da pessoa amada. Na maioria das vezes esse medo é irreal. Essa fantasia alimenta pensamentos negativos, que por sua vez aumentam o ciúme.

Por isso, comemore o dia dos namorados com apenas uma pequena pitada de ciúme. O amor fica mais forte e o sexo mais apaixonado.

   

Por:
Flávia Leão Fernandes
CRP 06/68043 Psicóloga clínica, Mestre em Psicologia pela Universidade de Londres, Inglaterra e especialista em Psicologia Hospitalar com enfoque em obesidade.

Comentários

comentar comentar

Bom, eu convivo com uma pessoa muito ciumenta, já está sendo invasivo, como ler msn, penso até que instalou algum programa, acusações infundadas etc, eu estava simplesmente apaixonada, e amo, mas isso está acabando com o relacionamento e principalemente comigo.

0 relevância lucinha - postado em: 10/01/2013 - 21h07

Passo por uma situação idêntica no meu relacionamento. Terá alguns sintomas dum distúrbio limítrofe. Possivelmente, se for a um especialista, poderá ser diagonisticado algo como "boderline". Se assim for, precisará de um grande apoio e muita força de vontade. A medicação, também será muito importante. De certeza que sofre muito. Mas o seu companheiro, não ficará atrás. Também sofre muito. Associado ao seueventual distúrbio também estará a agressividade verbal e física. Se assim for, sinceramente, dese-lhe toda a força mental para arranjar defesas no sentido de tentar controlar os impulsos.Tudo gira à volta de ciúmes que não têm sentido e sempre com receio de perder o que gosta.

0 relevância laura alves ribeiro - postado em: 10/01/2013 - 20h19

tenho muito ciumes do meu marido, as vezes acho q sou louca,quando saiu com ele sempre acho q ele ta olhando para alguma mulher ou q tem alguma mulher olhando para ele ai começo ja começo a brigar com ele,fico com raiva mas ao msm tempo fico com medo dele me deixar ai vou procurar me aproximar dele,tenho ciumes dele ate quando ele vai trabalhar.

o q eu faço para controlar esse ciume doentil?

5 relevâncias vanessa - postado em: 07/11/2012 - 13h38
Passo por uma situação idêntica no meu relacionamento. Terá alguns sintomas dum distúrbio limítrofe. Possivelmente, se for a um especialista, poderá ser diagonisticado algo como \"boderline\". Se assim for, precisará de um grande apoio e muita força de vontade. A medicação, também será muito importante. De certeza que sofre muito. Mas o seu companheiro, não ficará atrás. Também sofre muito. Associado ao seueventual distúrbio também estará a agressividade verbal e física. Se assim for, sinceramente, dese-lhe toda a força mental para arranjar defesas no sentido de tentar controlar os impulsos.Tudo gira à volta de ciúmes que não têm sentido e sempre com receio de perder o que gosta.
laura alves ribeiro - postado em: 10/01/2013 - 20h19

ok

0 relevância lle - postado em: 25/03/2011 - 13h45

sou muito ciumenta pois mwu marido e professor e gosta muiot de meninas , sinto muito ciumes qunado ele chega perto delas nos temos dois filhos homens e ele e louco por menina , e tem uma que ele diz ser filha de consideração e eu morro de ciumes dela ,minha mente ciumenta não aceita o que devo fazer isso ta acabando com meu casamento e com nosso amor . me ajudem

1 relevância Ana - postado em: 27/01/2011 - 00h42

o ciume acaba com qualquer relação, é uma doença sem cura, quanto mais tentamos diminuir ela aumenta e mata! é o pior sentimento que possa existir!

0 relevância samira - postado em: 08/07/2010 - 19h05

me responde urgentemente e tbm gostaria de receber novos comentarios grata

Att..

Franciely

1 relevância Franciely Kenki - postado em: 26/06/2010 - 13h56

Ola tudo benhei?

Bom eu sou muito ciumenta com meu marido .

quando ele chega em casa do servico ele sempre esta cansado pra ficar comingo mais quando os amigos chama ele para ir jogar bola ele vai rapidinho ai penso que ele deve ter outrar e tbm quando ele demora para chegar em casa do serviço o que eu faço pra parade ter tanto ciumes .eu gostaria muito de fazer algo romatico pra ele e tbm pra ele me enxergar pq parecer que eu sou invisivel .ah ele so vem com carinho perto de mim quando quer relaçao sexual o que eu faço me ajude tenho medo que ele tenha outra agradeço deste jah Bjos grandes

Att

Franciely

0 relevância Franciely Kenki - postado em: 26/06/2010 - 13h54

Bem eu me parece bem com a Lolita sou insegura e sempre fico imaginando coisas, penso que ele vai se interessar por outra, que eu ache mais bela do que eu. Não faço cena mas fico sofrendo sozinha com minhas imaginações ridiculas, gostaria de saber como romper essas barreira??

3 relevâncias Lu - postado em: 09/06/2010 - 16h40

OLÁ ...ACABEI DE VER O E-MAIL DE VOÇÊS,ADOREI O NOVO PROGRAMA DE VCS PARABÉNS!!!!

GOSTARIA DE RECEBER AS INFORMAÇÕES DE VCS SIM.

UM GRANDE ABRAÇO,

ATT:

ROSI

0 relevância ROSILEI - postado em: 09/06/2010 - 11h28
ok
lle - postado em: 25/03/2011 - 13h45

E como que eu faço para me segurar no ciumes?

Eu sou muito ciumenta qualquer mulher que aparece diferente no ambiente que estamos para mim já é uma ameaça,ai imagino que ele ta olhando pra ela..que ela ta dando mole..ou que ele e ela tem um caso..coisas absurdas...na hora eu soh penso nisso,fico ate de cara amarrada,mais depois eu sei que não tem nada haver.

6 relevâncias Lolita - postado em: 09/06/2010 - 10h34
arriscar atividade física atividades físicas bem estar chacras clima desrespeito dezembro dor estresse evoluir frustação henry ford homens vaidosos integridade jejum liderança massoterapia mudança mudança comportamental neemias nutriente oportunidades organismo pensamento qualidades reagir reeducação alimentar rejeição relacionamentos satisfação terapias tranquilidade transtorno vazio violência
MaisEquilíbrio
Parceiro Cyberdiet - ONG Aldeias Infantis SOS Brasil
Cyberdiet é parceiro da ONG Aldeias Infantis SOS Brasil, que já atende mais de 10.000 crianças brasileiras que necessitam de um lar e de uma família. Saiba mais
Copyright © 2014 e-Mídia Sobre MaisEquilibrio.com.br | Sobre e-Mídia | Precisa de ajuda? | Anuncie conosco | Trabalhe Conosco

ATENÇÃO!

As informações oferecidas por este site não são individualizadas, portanto não substituem o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física. Veja informações adicionais em nossos termos de uso e política de privacidade.