A Páscoa está chegando O que fazer - MaisEquilíbrio

A Páscoa está chegando! O que fazer?

A Páscoa está chegando O que fazer

A Páscoa está chegando e junto com ela infinitas propagandas de chocolates, tortas, que seduzem e ao mesmo tempo trazem preocupação para quem quer eliminar peso ou está querendo modificar alguns hábitos.

É só abrir uma revista nessa época e lá estão fotos e mais fotos dos mais variados tipos de ovos de chocolates. O mesmo acontece quando ligamos a televisão e somos invadidos por pessoas magras abrindo aqueles embrulhos cintilantes que envolvem os ovos e depois os devoram prazerosamente.

Publicidade

Afinal, não cair na tentação é muito difícil para quem adora chocolates e resistir às tais propagandas parece ser um desafio. E desafios não faltam em nossa vida diariamente. Esse será apenas mais um.

O desejo por doces, principalmente chocolates, acontece porque estes estimulam a produção de serotonina, substância do cérebro ligada à sensação de prazer. É importante analisar a compulsão por chocolates e identificar o que está por trás dessa necessidade.

Você consegue identificar as situações que te levam a consumir chocolate? O que acontece antes de comer? Se comer irá conseguir o que deseja? O que mais te dá prazer além de doces? Como está sua vida afetiva? As respostas a essas questões podem te auxiliar a identificar sua falta de controle por doces. Em geral, a carência afetiva intensifica o desejo pelo consumo de açúcar.

Principalmente nessa época em que os desejos se intensificam e sobrepõem-se as reais necessidades é preciso ficar atenta para não cair nas tentações. Para isso:

- Lembre-se de seu objetivo:

Lembrar-se do peso pretendido no momento da tentação a fará associar o ato de comer com o de se pesar. Quando estiver tentada a comer mais do que indicado, pergunte a si mesma: "Se eu comer mais irei atingir meu objetivo?" Se a resposta for não, diga a si mesma em voz alta: "Eu não vou me desviar do meu objetivo agora. Ele é muito importante para mim". Você também pode se fazer a seguinte pergunta: "Prefiro comer isso ou atingir o peso que desejo?" Pois com certeza se consumir muito chocolate irá deixar de eliminar alguns quilinhos ou poderá aumentá-los, o que fará que se sinta muito culpada.

- Nada de desculpas:

Não caia na tentação de comer só mais um pouco porque é Páscoa. Essa é uma cilada que depois que passar irá trazer muita culpa e em conseqüência, autopunição. Também não se deixe envolver pelo o que os outros estarão comendo, principalmente as crianças. Essa é outra desculpa muito comum, acreditar que precisa comer para fazer companhia para os filhos, sobrinhos, afilhados, netos. Nada disso! Lembre-se que quem quer eliminar alguns quilos é você e não eles. Procure não depender de alguém para dar continuidade aos seus novos hábitos e alcançar seus objetivos.

- Só depende de você:

A não ser que alguém a alimente a força, suas mãos são o que você usa para levar qualquer alimento a boca. Portanto, mesmo que seu filho ou seu marido lhe dê um pedaço de chocolate em sua boca com todo carinho, resista e não ceda em comer só mais um pedacinho, pois de pedaço em pedaço, acabará por devorar um ovo inteiro, e dos grandes!

- Identifique seus sentimentos:

Se estiver querendo comer porque está carente, se sentindo sozinha e abandonada, procure outras formas de compensação. Procure identificar e exteriorizar seus sentimentos em vez de comer, isso a acalmará e gratificará suas necessidades sem prejudicá-la. O fato de identificar os sentimentos que estão dando origem à sua fome e expressá-los, permite que você compreenda que, na verdade, está querendo atenção e não comida.

Lembre-se sempre que comida ou chocolate, não é amor! Se continuar a utilizar a comida como substituto de amor, suas reais necessidades nunca serão supridas. Além do que, ficará com a sensação de vazio da mesma forma, somada a culpa por não ter tido controle. Para conseguir amor, comece a desenvolver o amor por você mesma e também procure pessoas que se preocupam e gostem de você. E acredite, o amor-próprio continua a ser o melhor alimento!    

Por:
Rosemeire Zago
Psicóloga clínica com abordagem jungiana, especialização em psicossomática. Desenvolve o autoconhecimento e ministra palestras motivacionais.

Comentários

comentar comentar
alimentação regular amor comer em excesso compromissos compulsividade corpo crescimento defeitos determinação dietas doença emoções energia negativa entusiasmo estilo filho fome frio frutas honestidade impossível leitura líquidos mulheres natal nutriente objetivos pais perder reconhecimento reeducação alimentar roupas serotonina sol sorte sustentabilidade
MaisEquilíbrio
Parceiro Cyberdiet - ONG Aldeias Infantis SOS Brasil
Cyberdiet é parceiro da ONG Aldeias Infantis SOS Brasil, que já atende mais de 10.000 crianças brasileiras que necessitam de um lar e de uma família. Saiba mais
Copyright © 2014 e-Mídia Sobre MaisEquilibrio.com.br | Sobre e-Mídia | Precisa de ajuda? | Anuncie conosco | Trabalhe Conosco

ATENÇÃO!

As informações oferecidas por este site não são individualizadas, portanto não substituem o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física. Veja informações adicionais em nossos termos de uso e política de privacidade.